Mogi Mirim e Mogi Guaçu recebem bibliotecas móveis

Além dos livros, projeto Baú de Histórias doa brinquedos e fantoches que serão utilizados em oficinas  

Três instituições de Mogi Mirim e duas de Mogi Guaçu receberam o projeto Baú de História, que ofereceu estruturas móveis com livros, brinquedos e fantoches para mais de 750 crianças. Em Mogi Mirim, os equipamentos foram doados para a APAE, para o Centro Comunitário BADI e para o Projeto ICA. Em Mogi Guaçu, o projeto passou pela APAE e pelo Centro de Atendimento da Criança (CAC). A iniciativa é realizada pelo Ministério da Cidadania, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Renovias e produção da Incentivar.

Por meio da distribuição gratuita de pequenas bibliotecas móveis, o projeto Baú de Histórias tem como objetivo difundir a leitura entre frequentadores de entidades e instituições públicas.

O projeto traz em seu acervo livros, fantoches, materiais pedagógicos diversos e jogos educativos como recursos perenes para as instituições. Nos próximos meses, os materiais doados irão ser utilizados em oficinas de contação de história.

“Oferecemos para instituições de Mogi Mirim um rico material lúdico e pedagógico para serem utilizado em atividades de incentivar à leitura”, afirma o Supervisor de Marketing do Grupo IncentivarWelson Ribeiro.

Este é mais um projeto que a Renovias apoia para a cultura e aprendizado. No total, serão entregues 16 bibliotecas para entidades das cidades abrangidas pela malha viária da concessionária. “Ficamos muito felizes em viabilizar projetos que realmente contribuem com a aprendizado e desenvolvimento de tantas crianças em nossa região”, enfatiza o presidente da Renovias, Rogério Cezar Bahú.